Sessão Leitores
11.08.11 - Roberto Agresti
Talvez sim, talvez não
17.05.11 - Eduardo Correa
Mauro
18.09.09 - Luis Fernando Ramos
O melhor Rubinho, o Rubinho de sempre
12.12.08 - Alessandra Alves
Carta ao editor
27.10.08 - Luiz Alberto Pandini
Micos brasileiros III
mais
29.07.11 - Carlos Chiesa
O Eclipse
E o toureiro não apareceu
21.09.09 - Ernesto Rodrigues
O parasita fanfarrão
Rubens, o relativo
mais
12.03.06
Confira a classificação
12.03.06
Pilotos e Equipes
mais
Home » Leitores » Opiniões e Dúvidas dos Leitores » 01.08.11
Aumente o tamanho das letras:
12 | 16 | 20
Opiniões e Dúvidas dos Leitores 01.08.11
Escreva pra gente
Muito boa a corrida da Hungria.

Button comemora sua vitória, ontem, na Hungria - Clique para ampliar
Segundo o narrador global, uma corrida de gênio do Button e de muita sorte do Alonso. O único detalhe é que os dois escolheram mudar a estratégia de pit stop. Só que o Button é gênio por isso e o Alonso é só sortudo.

Como a Globo fez questão de destacar em todos os jornais que Massa largaria na frente de Alonso, até entendo a insistência do narrador em afirmar que Alonso tem sorte. Só não explica o fato de Alonso ter mais que o dobro de pontos de Massa no campeonato...

Gosto muito do Massa, mas não dá nem para compara-lo com Alonso. Agora em algo, concordo com o GB: o Button fez uma corrida fantástica, assim como Alonso. Excelente a corrida do Di Resta. Aliás, ele tem feito corridas bem interessantes.

Hamilton tá parecendo um Schumacher moreninho... O cara não quer saber, tasca o carro em cima e não quer nem saber das consequências. Acho legal pilotos arrojados, mas existe um limite, mesmo que tênue, entre arrojo e falta de caráter. Acredito que Hamilton tem ultrapassado este limite com certa frequência.

Rubens e Schumacher deveriam pedir licença e irem tomar umas brejas para comemorar a aposentadoria definitiva e abrir espaço para novos talentos. Já deram o que tinham que dar.

Que saudades do Kubica! O cara tá fazendo falta...

Rogério Kezerle

Escreva pra Gente | Topo


Olá a todos

Rubinho, ontem na Hungria - Clique para ampliar
O Rubinho sempre foi elogiado por saber passar informações sobre o carro. Existe alguma conversa dele virar um consultor técnico em alguma equipe?

Já devem ter falado muito isso aqui, mas, o pneu Pirelli não é o principal fator de ultrapassagens?

Saudações flamenguistas

Ramon Wander da Conceição, Vila Velha






Oi Ramon

Não tenho ouvido falar muito de Rubinho ultimamente e imagino que a sua sobrevida na categoria, na Williams ou em outra equipe, só se dará se não arrumarem coisa melhor.

Não digo isso com rancor ou ironia; me parece a pura verdade, inclusive porque experiência é algo relativo em equipes menores, os engenheiros se considerando autossuficientes na obtenção das informações necessárias ao desenvolvimento dos carros. Em qualquer caso, nem engenheiros nem o Rubinho têm conseguido fazer algo minimamente útil ao desenvolvimento do Williams deste ano...

Quanto às ultrapassagens, sinceramente não sei. A coisa mudou de tal forma que precisamos contratar um estatístico para estudar o assunto e dizer quais ultrapassagens decorrem de troca de pneus, seu desgaste acentuado ou diferença de desempenho entre composto, do uso da asa móvel ou kers, da presença na pista de carros muito mais lento – as duas Hispanias devem render, só elas, umas 20 ou 30 ultrapassagens por corrida – ou ainda daquilo que considerávamos ultrapassagem nos velhos tempos.

Sei que a Mercedes publicou recentemente uma estatística completa sobre o assunto mas, me perdoem, não tive paciência para estudá-lo. Para quem tiver, veja aqui.

Abraços (EC)


Escreva pra Gente | Topo


Prezados Amigos do GPTotal

Gostaria de manifestar meu apoio e parabenizar ao Sr. Firmo Neto, por seu lúcido e muito oportuno manifesto, do dia 22.06.2011.

Buemi - Clique para ampliar
Sei que muitos colegas GPTos já se manifestaram à respeito, mas penso que hipotecar apoio à tão louvável e digna manifestação, como foi a do Sr. Firmo Neto, não tem data , "prazo de validade", ou limite na quantidade de manifestações. Logo, penso que, apesar de passado mais de um mês da referida manifestação, sempre será oportuno nos unirmos à essa causa, há qualquer tempo.

Mesmo correndo o risco de parecer (ou estar sendo) soberbo, sempre me orgulhei do fato de que, o automobilismo de competição sempre foi um campo de preferências e rivalidades sadias, onde todos torciam livremente por este ou aquele piloto, essa ou aquela equipe, e todos conviviam em paz, apesar do clima de disputa.

Quem sabe, o segredo desta aludida paz resida justamente no termo "disputa" onde cada participante é considerado um competidor e não um "Inimigo" como ocorre, normalmente, em outros esportes, que nos "brindam" com dantescos espetáculos de violência e selvageria. Quando estes "espetáculos" não tem origem entre os atletas, tem nas suas torcidas e vice-versa.

Antes que alguém diga que estou sendo demasiado parcial, devo dizer que lembro de pequenos deslizes, também, no mundo do automobilismo de competição, mas nada que se compare à violência encontrada em outros esportes, com já escrevi, seja por parte dos competidores, seja por parte das torcidas.

Particularmente, lembro entre outros raros casos, a breve briga entre Nelson Piquet e Eliseu Salazar, o que nitidamente, foi um ímpeto momentâneo, sem consequências maiores para nenhum dos envolvidos, a não ser grandes piadas e risos futuros, à começar pelos próprios envolvidos, que segundo relatos, teriam se falado após alguns anos passados do incidente, onde teria Piquet confidenciado que sabia que o motor de seu carro quebraria antes do final da corrida, acabando com suas pretensões de título e, assim sendo, o acidente entre os dois pilotos apenas teria antecipado o abandono.

Se é verdade ou lenda não sei dizer, mas pelo que sei, Piquet e Salazar se falam e têm uma relação amistosa.

De igual modo, podemos fazer a mesma comparação com a torcida automobilista que convive em paz nos autódromos, ruas e estradas, cada qual portando bandeiras, vestindo camisetas, bonés etc., sem que por isso sejam agredidos verbalmente e muito menos fisicamente.

Desde modo, uno-me ao Sr. Firmo Neto no apelo de que não sejamos nós, automobilistas e GPTos, a iniciarmos tão detestável maneira de manifestação. Que possamos sim opinar de maneira diferente, torcermos para equipes e pilotos diferentes, sem que isto seja motivo de sermos ofendidos ou ofendermos!

Heidfeld, antes da explosão - Clique para ampliar
Gostaria, também, de lembrar que, no Brasil, nós automobilistas, somos minoria, principalmente agora que os pilotos brasileiros não têm obtido grandes resultados nas pistas, e mais do que nunca, é momento de unir forças e não dividi-las.

Qual de nós, já não se sentiu como um "ET", sendo o único de um grupo a gostar e entender de corridas? Quantas vezes nossa paixão por corridas não teve espaço ou vez nas mais variadas reuniões, seja no trabalho, seja entre conhecidos, em locais públicos etc.

Por isto tudo, me solidarizo aos apelos do Sr. Firmo, para que sejamos mais unidos, sejamos gratos pelo espaço do qual dispomos no GPTotal, que não censura este precioso espaço. Mas devemos lembrar que paciência tem limites. E, acima de tudo, não temos o direito de ofender outras pessoas, porque discordam de nossa opinião. Principalmente quando somos movidos pela mesma paixão que o automobilismo de competição exerce em todos nós automobilistas e GPTos.

Força e união, amigos automobilistas! Forte abraço à Família GPTotal.

Paulo C. Winckler, Porto Alegre

Escreva pra Gente | Topo


Depois de tanto tempo é que vi esta reportagem sobre Alfran.

Saudades de meu irmão. O que nos acalenta é saber que em breve estaremos novamente juntos em outra vida.

Jeronimo, Natal

Escreva pra Gente | Topo


Vendo algumas estatísticas do GP da Alemanha, na corrida de 1973 (que, aliás, está disponível na íntegra no youtube), pela primeira vez se viu 3 pilotos brasileiros na zona de pontuação, com Pace em 4º, Wilson Fittipaldi em 5º e Emerson em 6º.

Tal presença somente veio a acontecer novamente, mas com outras posições, no GP da Grã-Bretanha de 1988, com Senna em 1º, Gugelmin em 4º e Piquet em 5º. Se repetiu em 1990 na Bélgica, com Senna em 1º, Piquet em 5º e Gugelmin em 6º. Em 1991, na Bélgica novamente, Senna em 1º, Piquet em 3º, Moreno em 4º. Depois, somente no GP de Mônaco de 2004, Barrichello em 3º, Massa em 5, Da Mata em 6º.

Pelo que se vê, foi algo muito raro, mesmo quando havia mais brasileiros no grid. Havia também muito mais brasileiros nas categorias de acesso, sendo que Brasil nos monopostos temos apenas a insistente F3 sul-americana e a F-Futuro com parcos grids.

Vettel e Button - Clique para ampliar
Fico pensando o que aconteceria com a F1 no Brasil se, para desespero de muitos veículos de comunicação, em um futuro próximo não tivermos mais brasileiros do grid. Os verdadeiros fãs do esporte, e não dos brasileiros na frente, poderiam ficar sem transmissão em TV aberta? Espero que os contratos não permitam isso.

Cristiano Buratto, Londrina

Escreva pra Gente | Topo


Que pena...

Se transformou (na realidade se transmutou) em seguidores de FN, assim como na F-1 perdeu grande parte do seu charme. Estou falando do site, realmente uma tristeza. Bem que preconizavam que ele iria acabar com a graça... realmente acabou.

Durval Pereira, Salvador

Escreva pra Gente | Topo


Olá Amigos do GPTotal!

Excelente coluna Agresti, A Farsa, e faço minhas as palavras dele!

Abraço a todos

Mauro Santana, Curitiba

Escreva pra Gente | Topo


Edu

Uma pequena correção em sua resposta recente, aqui neste espaço: em 89, Prost ainda estava na McLaren. Mansell e Prost correram juntos a temporada de 90, apenas. No mais, sua análise foi perfeita!

Um abraço

Vinicius Reis, Rio de Janeiro

Escreva pra Gente | Topo


Caro Edu

Apenas uma correção, você disse que Nigel Mansell foi companheiro de Alain Prost nas temporadas de 89 e 90 na Ferrari. Mas na verdade eles correram juntos só em 90. Em 89 os pilotos da Ferrari eram Nigel Mansell e Gerhard Berger, enquanto, Prost e Senna duelavam pela McLaren.

Abraços!

Geraldo Flávio Chaves, Juatuba
    Sobre tamanhos e ultrapassagens |  Arquivo de Opinioes  |  Envie a coluna  |  Voltar
anuncie | quem somos Apoio: Interactive Fan  |  Red Cube Tecnologia e Comunicação