Pecunia non olet! – parte I

No ano 69 do Nosso Senhor, Vespasiano é proclamado imperador de Roma que, após o suicídio de Nero, tinha entrado num periodo convulso, que havia levado a metrópole a um lamentável estado social e à beira da falência. Assim, seu primeiro objetivo foi restabelecer a ordem e sanear as finanças. Para tal fim, impôs mais austeridade, suprimindo o luxo e os fastos de anteriores imperadores e aumentando os impostos. Criou, inclusive, alguns novos, como o chamado “Vectigal Urinae”, que gravava a urina das latrinas públicas e que era muito apreciada pelos curtidores, pisoeiros e tintureiros da época. Portanto, estes, se queriam seguir dispondo de tão prezado produto, deviam pagar o imposto correspondente.

Continue reading

Competição ou jogo? – final

Confira a primeira parte clicando aqui.

Na década dos anos 2000, a percentagem se mantem praticamente igual (mas sem esses quatro ases) e, perante as reclamações de que as corridas estavam sendo previsíveis demais (o que se confirma com estes percentagens) a FIA estabelece o fornecedor único de pneus esperando aumentar a igualdade entre as equipes e promover uma maior competitividade e emoção.

Continue reading

Competição ou jogo? – parte 1

No dia 24 de fevereiro de 1964, em Miami, se disputaria o combate pelo título mundial dos pesos pesados de boxe. O embate seria entre o vigente campeão, Sonny Liston, e um jovem aspirante chamado Cassius Clay (logo seria Muhammad Ali). Segundo os cronistas da época, era uma covardia colocar Ali perante Liston e, inclusive, alguns chegaram a pedir que o combate fosse cancelado, temendo que Liston lesionasse seriamente a Ali…

Continue reading