Não há tempo a perder

Lembram-se daquele antigo sucesso do Aerosmith que foi tema do filme Armageddon, de 1998, “I Don’t Want To Miss A Thing”? Ponha-a para tocar agora. A música, cujo título quer dizer em português “Eu não quero perder nada” pode muito bem definir a situação de Valentino Rossi e da própria MotoGP em 2017, um ano que ninguém quer perder um lance sequer.

Continue reading

A missão 1 da Yamaha

Hoje vemos o quanto Jorge Lorenzo está penando para vencer com uma Ducati na MotoGP. Mas 13 anos atrás, Valentino Rossi embarcava em uma missão ainda mais difícil, ao trocar a campeã Honda pela então decadente Yamaha. Eles, no entanto, tinham um plano, uma missão em comum. Missão que estava até no nome da motocicleta.

Durante mais de três décadas, a Yamaha foi uma das líderes no desenvolvimento dos motores de dois tempos e uma das principais defensoras de seu uso. Nesse período a extraordinária YZR-500 floresceu nas mãos de gênios como Giacomo Agostini, Kenny Roberts, Eddie Lawson e Wayne Rainey, que conquistaram muitas vitórias e títulos.

Continue reading