Declarações de amor

Amor é outra coisa…
16/12/2013
O ano de provações
20/12/2013

O que é amar, afinal? Amar o automobilismo é algo muito, muito especial.

(em sua maioria colhidas por este colunista em vídeo enviado pelo leitor Paulo Hardt).

“Existem duas coisas que nenhum homem admitiria não ser bom: pilotar e fazer amor.”  Stirling Moss

“Fazer curvas é como levar uma mulher ao clímax.” Jackie Stewart

“Sou um artista. A pista é a tela e o carro é o pincel.” Graham Hill

“Não dou a mínima para a fama. Não dou a mínima para a sociedade. Não quero ficar amigo de gente importante. Eu só quero vencer.” Nelson Piquet 

“Eu e o carro estávamos perfeitamente unidos. Éramos uma coisa só.” Ayrton Senna

“O carro tem suas próprias emoções e coração. Você tem que amá-lo de acordo com essas características.” Juan Manuel Fangio

“Eu não me machucaria, mas eu sei que poderia machucar o carro.” Gilles Villeneuve. 

“Eu nunca irei me aposentar. Eu amo demais as corridas.” Stirling Moss

“É preciso muita paixão para se tornar o maior”  Juan Manuel Fangio.

“Carro feio é o que não vence corridas.”  Enzo Ferrari (em uma época em que carros feios eram raros) 

“A diferença entre guiar um Ford GT (7 litros) e uma Ferrari P4 (4 litros)? É como um caminhão e um carro.” Chris Amon (que venceu com os dois)

“Acho incrível como me pagam tão bem para fazer uma coisa de que gosto tanto.” Graham Hill

httpv://youtu.be/a7x2YDgXzss

AMAR É… (segundo este colunista)

Admirar Stirling Moss testemunhar contra si mesmo, deixando que Mike Hawthorne ficasse com o título que nunca mais pode obter.

Admirar Nigel Mansell empurrando sua Lotus até cair de cansaço.

Admirar qualquer Ferrari, mesmo as que não venceram corridas.

Admirar todas as Alfa, mesmo as que não foram sucesso de vendas.

Admirar todos os Porsche, mesmo os refrigerados a água.

Admirar todos os Mercedes, Auto Union, Maserati, Vanwall, Cooper, Lotus, Brabham, Eagle, McLaren etc. dos anos 30 em diante. Os Fitti Copersucar também.

Admirar a inteligência e competência de gente como Alfred Neubauer, Ferdinand Porsche, Rudolf Uhlenhaut, Vittorio Jano, Enzo Ferrari, Gioacchino Colombo, Aurelio Lampredi, Mauro Forghieri, John Cooper, Colin Chapman, Peter Schetty, Gordon Murray, Jim Hall, Ricardo Divila, Rory Byrne, Adrian Newey etc. etc..

Admirar pilotos como Jacky Ickx e Ronnie Peterson, mesmo não tendo sido campeões. Assim como qualquer piloto que venceu ao menos um GP, porque está longe de ser uma tarefa fácil.

Sentir saudade de circuitos clássicos, como o Inferno Verde original, Monza com a parabólica original e Interlagos original.

Sentir saudades dos esporte-protótipos dos anos 60 e 70.

Não esquecer dos grandes nomes do passado, como Nuvolari, Caracciola, Rosemeyer, Lang, Ascari, Farina. No plano nacional, Chico Landi.

Ter a curiosidade de conhecer circuitos tradicionais hoje fora do circuito, como Reims, Dijon, Brands Hatch, Nivelles, Zandvoort, Mugello, Donnington… E o trajeto de corridas como Mille Miglia e Targa Florio.

Ficar comovido com exemplos de superação. Vai desde os sobreviventes de acidentes quase fatais até os pilotos que obtém e aproveitam uma segunda chance. Hoje? Kubica, Hulkenberg, Grosjean.

Ficar comovido com exemplos de determinação.

Vai desde Fangio em Nurburgring com a Maserati até Massa continuar querendo ser campeão.

Encontrar invariavelmente comentários de alta qualidade na comunidade GPTotal. Convido você a fazer também sua lista de Declarações e/ou Amar é… e enviar para cá. Quer um motivo para comentar? Que tal esta anotação do diário de Adrian Newey: “…se você achou que os carros de 2012 eram feios, a classe de 2014 será tão feia que fará Pastor Maldonado parecer um Chris Hemsworth.” Parece que será mais uma prova de amor para os Gepetos.

Aproveito para desejar a todos um bom Natal e um ano novo 2014 vezes melhor que o anterior.

Carlos Chiesa
Carlos Chiesa
Publicitário, criou campanhas para VW, Ford e Fiat. Ganhou inúmeros prêmios nessa atividade, inclusive 2 Grand Prix. Acompanha F1 desde os primeiros sucessos do Emerson Fittipaldi.

14 Comments

  1. First off I want to say awesome blog! I had a quick question that I’d like to ask if you don’t mind. I was curious to find out how you center yourself and clear your head before writing. I’ve had a difficult time clearing my thoughts in getting my thoughts out there. I do enjoy writing but it just seems like the first 10 to 15 minutes are lost simply just trying to figure out how to begin. Any suggestions or tips? Kudos!|掲示板}

  2. Hmm is anyone else having problems with the pictures on this blog loading? I’m trying to find out if its a problem on my end or if it’s the blog. Any feedback would be greatly appreciated.

  3. Hiya! I know this is kinda off topic nevertheless I’d figured I’d ask. Would you be interested in exchanging links or maybe guest writing a blog post or vice-versa? My blog addresses a lot of the same topics as yours and I think we could greatly benefit from each other. If you might be interested feel free to send me an email. I look forward to hearing from you! Great blog by the way!

  4. We stumbled over here coming from a different web address and thought I might as well check things out. I like what I see so i am just following you. Look forward to looking at your web page repeatedly.
    cheap lv sarah noeud wallet m60277 http://www.agiagalinirestaurant.com/online.asp?url=cheap-lv-sarah-noeud-wallet-m60277-b-386.html

  5. costajr disse:

    Prezado Carlos, Boa Noite!

    Sabe, existem fatores a considerar! O mundo esta entrando em colpaso.O esporte e a Formula 1 mais especificamente tambem, principalmente devido a falta de valores e da ganância desmedida. Formula 1 sempre foi uma conjugação de emoção, esporte,tecnologia, politica e interesses economicos e ate a algumas decadas, era mais emoção ,esporte e tecnologia. Hoje, sem desconsiderar o avanço tecnologico, ela e praticamente interesses politicos e financeiros. Quanto a pilotos alemães , ingleses e outros europeus, e obvio que eles tem de dominar a categoria mesmo. Onde estão as fabricas de automoveis mais tradicionais, ricas e tecnologicas do mundo? Não desconsiderando o talento dos pilotos atuais, sera que alguem e inocente a ponto de achar que estes fatores não tem um peso enorme na escolha do campeão mundial? Sera tão dificil assim perceber que os pilotos hoje são meros coadjuvantes?
    Saudosismo não e uma coisa la muito boa, pois o tempo que passou nao volta mais. A tecnologia tem um lado muito bom, mas não da para perder tempo com este automobilismo de hoje não ´´e mesmo?

    • Carlos Chiesa disse:

      Ola costajr. Sem duvida o tempo que passou não tem marcha a ré, portanto temos que nos contentar com o que acontece no presente e, se possivel, tentar influenciar o futuro. Nas ultimas colunas avançamos sobre o tema “o que amamos” na F1 e no automobilismo em geral. A comparação com o passado, ao menos do meu lado, visa apontar os acertos e assim mostrar o que deveria ser resgatado no futuro. Quanto à influencia da tecnologia no sucesso de pilotos alemães, ingleses etc., não creio que haja uma relação direta, mesmo hoje. O que ocorre, a meu ver, é que a formação de pilotos brasileiros está sendo insuficiente para que, em um espaço de tempo muito curto, consigam se mostrar competitivos nas formulas européias. Não me parece que a Espanha tenha o mesmo nível de desenvolvimento tecnológico de Alemanha e UK e mesmo assim Alonso é tido como o piloto mais completo do grid. A Finlandia, tirando a Nokia, não me parece ser também um país com o mesmo nível tecnológico dos que você alinhou como de ponta. Mesmo assim é um celeiro aparentemente inesgotável de pilotos de primeira classe, seja no rally seja na F1. Continue escrevendo, por favor, trocas de idéias como essa são muito enriquecedoras, ao menos para mim.

  6. Mauro Santana disse:

    Olá Amigos!

    Vejam que legal este vídeo de Le Mans 1982, e nele podemos ver o nascimento do lendário Porsche 956, e também quando foi feito 1000 km na pista de teste de suspensão da Porsche na época.

    http://www.youtube.com/watch?v=C2iCwLt9nBU

    Abraço!

    Mauro Santana
    Curitiba-PR

  7. Mauro Santana disse:

    Bela Coluna Carlos!

    Amo a F1 desde que a conheci, foi amor a primeira vista, e como também amei muito os Opalas Stock Car, F Ford, e F3 Sulamericana nos anos 80.

    E outra categoria que eu amava e muito, era o Mundial de Marcas nos anos 80, com a batalha entre Porsche, Lancia, Jaguar e Mercedes.

    Eta tempo Bão!!!

    Abraço!

    Mauro Santana
    Curitiba-PR

  8. Fernando Marques disse:

    Carlos,

    amar o automobilismo para mim nos dias de hoje depende apenas de três coisas: estar vivo, poder acompanhar as corridas na TV e poder diariamente contar com o GP Total para debates e comentar as minhas opiniões.
    Enquanto estas 3 coisas existirem estarei sempre presente amando todas as emoções do automobilismo.

    Feliz Natal e um prospero ano novo para voce e o GP Total

    Fernando Marques

    Niterói RJ

    • Fernando Marques disse:

      Aliás aproveitando a ocasião que grande final de corrida e de campeonato tivemos na Stock Car este ano em Interlagos. Que corrida!!!! … Como não gostar …

      Fernando Marques

    • Carlos Chiesa disse:

      Então nos veremos no ano que vem.

  9. Manuel disse:

    Caro Carlos,
    Como é habitual em suas colunas : excelênte !

    Com todo este assunto do amor, nao posso deixar de dizer que o amor bom mesmo é aquele correspondido e, no que a mim respeita, a formula um nao me esta correspondendo últimamente.

    grande abraço e tudo de bom prá você tambem, Manuel

    • Carlos Chiesa disse:

      Muito gentil, Manuel. Pois é, parece que os pais da noiva (F1) não querem que ela se case com a gente. Tratam de mexer nela toda hora. Botam tanta maquiagem, tanta coisa postiça que ela fica quase irreconhecível. Em todo caso, os anos passam e a gente continua na expectativa de experimentar emoções condizentes com a biografia da amada.

Deixe uma resposta para Mens Nike Air Max Tailwind 6 Orange Blue Running Online For Sale. Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *