Fim… de férias!

Três vezes Bianchi
19/08/2015
Denorex
24/08/2015

Spa-Francorchamps além de uma ótima corrida deve nos trazer as emoções de uma disputa aberta (entre os pilotos da Mercedes).

Estamos de volta. A Formula 1 reaparece de suas férias (cada vez mais necessárias para pilotos e equipes) para a metade final do passeio prateado na temporada de 2015.

Durante esse mês de férias nos coube a reflexão e os agradecimentos sinceros ao time da Mercedes por suas efusivas trapalhadas que permitiram bom momento no campeonato, com seu ápice no genial Grande Premio da Hungria.

Spa-Francorchamps além de uma ótima corrida deve nos trazer as emoções de uma disputa aberta, mas novamente restrita aos pilotos da Mercedes.

Separador

São milhares de lembranças. Incontáveis momentos. Spa é uma pista deliciosa para todos que amam a F1. Temos atos de heroísmo, temos a historia viva, tenso, chuva, sol, garoa, acidentes e redenções. Não consigo fazer uma lista de 10 momentos mágicos de Spa. Seria injusto com os protagonistas que ficariam de for a.

Um elemento é inegável em todos os circuitos com corridas geniais: relevo. Relevo natural. Uma pista que segue o relevo natural de seu terreno, e nesse relevo estão contidas mudanças de altitude, as corridas ficam ótimas. dois exemplos rápidos? Interlagos e Suzuka. Fora da F1? Laguna Seca, Elkhart Lake, Mid Ohio. Todas tem em comum essa característica que se contrapõe ao deserto plano dos tilkodromos. Uma coincidência que liga esses autódromos? Pode até ser, mas é uma grande e feliz coincidência.

Spa apresenta sua magia desde que a formula 1 se conhece como campeonato. Por 18 vezes pilotos e equipes pilotaram por um trajeto de 14 km, que foi deixado de lado após a corrida de 1970. Essa pista não perdia em nada das caraterísticas de alta velocidade nativas de SPA. A pole position mais rápido desse trajeto inicial foi cravada por Jim Clark com absurdos 243 km/h de média em 1967.Para comparação, o novo trajeto (próximo do que conhecemos hoje) foi percorrida de forma mais veloz por Webber em 2010 com 238 km/h. Já imaginou a loucura que era dar uma volta em 1967 ?

A pista, do jeitinho que está hoje, sem tirar nem por, só recebeu 8 GPs que ocorreram entre 2007 e 2014.

E quem venceu mais na pista? Por seis vezes, sempre ele, Michael Schumacher. Na sequencia, com 5, aquele menino Ayrton Senna. Dos pilotos em atividade, Raikkonen com 4 é o maior vencedor. Pertinho dele, só Vettel, com duas vitórias.

Essas estatísticas, por muitas vezes curiosas, esclarecem algumas coisas. Schumacher venceu 6 vezes e só tem uma pole-position. Podem falar o que quiser da pista, menos que não é possível ultrapassar!

Separador

Spa guarda uma série de datas especiais para muito pilotos e equipes. Bruno Senna registrou uma volta mais rápida oficial em 2012. Mesmo marco atingiu a Toyota em 2005. Quem não lembra da heróica pole-position de Fisichella em 2005 com a Force India?

Mas de todas as historias, ultrapassagens, conquistas e fatos de Spa, a que mais me recordo é da prova de 1994.

Naquele ano o menino Rubens Barrichello mostrava novamente ao mundo que poderia ser um dos grandes do esporte. Com uma pista entre seca e molhada, no momento certo, na volta perfeita, colocou a fraquinha Jordan-Hart na pole-position. A primeira de sua trajetória, a primeira da historia do time. O piloto mais jovem da historia a conseguir tal feito. Era um recado para a categoria, Donington em 1993 não foi obra do acaso. Ele sabia o que estava fazendo.

A trajetória que começou em 1993 em Donington, passou pela pole em Spa, pela temporada de 1999 no grande GP da França, culminou com uma vitória histórica em 2000 na Alemanha. Todas em condições desafiadoras e cheias de mudanças como a daquela primeira pole de 1994.

Separador

A temporada passa de sua metade. Vamos para a Bélgica para o sprint final de consagração dos pilotos da Mercedes. A prova da Hungria provou que nem tudo é um mar de rosas. Uma largada catastrófica compromete a corrida inteira e provou que a equipe não pode só contar com estrategias para sair na frente e se manter na frente. Tem que aprender também a virar o jogo com estrategias mais elaboradas. É obrigatório para Mercedes nessas duas proximas corridas (Spa e Monza) sair com pole, vitória, volta mais rápida. Opcional somente, dobradinhas.

Separador

A equipe da Formula 1 está com uma brincadeira divertida no Paddock! #F1DreamTeam, qual seria sua equipe dos sonhos se você pudesse escolher qualquer carro, qualquer dupla de piloto e qualquer chefe de equipe?

Alguns exemplos. Jenson Button escolheu Senna, Prost, Ron Dennis eo McLaren Mp4/4. Uma escolha corporativista, diga-se. Villeneuve mandou Lauda, Schumacher, Patrick Head e Frank Williams, com a bela Lotus 78. Já Vettel escalou Rindt, Schumacher, Tio Bernie e a Ferrari F2004.

Sugiro a Ferrari F2004 com Emerson Fittipaldi e Michael Schumacher. Chefe de equipe? O primeiro gênio: Colin Chapman.

Separador

Não percam, estréia do novo sistema de largadas nesse fim-de-semana. Agora o piloto vai ter que calibrar seu sistema sozinho, sem dicas dos engenheiros. Até a corrida passada, quando o piloto saía para voltas de formação de grid e até mesmo na volta de apresentação, ele e o engenheiro ficavam trocando figurinhas sobre a melhor configuração para embreagem de acordo com as condições da pista naquele momento. Depois desse bate-papo animado, o piloto virava a chavinha no seu painel para uma das posições já pré-definidas.

O que muda na prática? Essa conversa foi proibida e o piloto vai ter que escolher a posição que ele mais gosta sozinho.

Separador

O carro da Mercedes continua dominante, mas as confusões na largada estão complicando a vida dos pilotos. Hamilton e Rosberg precisam controlar seus nervos para converter essa superioridade em pontos.

A Red Bul, tadinha, continua sua briga com a Renault. Devem sofrer horrores nas duas próximas provas e vão lutar para ficar nos pontos. Isso se o motor não explodir no meio da corrida.

O mais intrigante disso tudo é a Renault não ter usado nenhum do créditos de atualização que tem disponível. Dona do mais número de créditos entre as fabricantes de 2015, o que será q espera a fábrica francesa?

Separador

Chegou o Dia! Eu pedi que acreditassem, eu nunca deixei de acreditar! A Sauber tem atualizações para seus C34 nessa corrida. É incrível!

Vem aí a última versão dos motores Ferrari, perfeitas para fazer a estreia em um circuito que demanda além de altas velocidades maior tração e recuperação de energia.

A Sauber ainda instala nova asas específicas para a prova. Atualizações de chassis, entretanto, somente para a próxima corrida.

Separador

httpv://www.youtube.com/watch?v=Ezyh0kQOoYE
Felizmente a verba de marketing da Sauber está garantida.

Separador

A nossa querida e amada McLaren Honda vive um dilema.

Os amigos japoneses que fabricam os motores dizem que o tempo de vacas magras acabou. O motor funcionou perfeitinho na Hungria e todos os problemas de confiabilidade e arrefecimento foram sanados. Para Belgica trazem um motor novinho em folha, estado da arte, com mais potencia e que vai certamente superar a Renault (ó vida) e encostar ali do ladinho da Ferrari. Isso é o que eles dizem. Também avisam que os problemas de confiabilidade prejudicaram a McLaren nesse ano e o carro está muito atrás em desenvolvimento de chassis e ajustes finos.

Pelo lado inglês o otimismo é moderadíssimo. Vai ter punição pela troca de motor, ninguém espera milagres de potencia e segundo, Eric Boulier, o circuito não se encaixa nas características de downforce do carro. Quem sabe para Cingapura a McLaren tenha chances de fazer uma boa corrida, é o que dizem.

O mais legal de tudo isso será ver Eric dobrar as regras estúpidas da FIA. Você piloto recebe punição para cada item novo colocado na sua viatura. Cada pedacinho tem uma punição, o pacote completo, outra. Você só pode ser punido uma vez por corrida e a alteração das regras do mês passado impõe que a pena mais pesada possível é o último lugar do grid. Tudo certo? Pois bem, Eric planeja trocar os motores de seus pilotos duas vezes esse fim-de-semana. Explico. Andam na sexta com um motor novo e são punidos e no pacotão de punições, largarão em último no domingo. Sábado, dia novo, motor novinho. Mais um caminhão de punições e, olha só, largarão em último no domingo. Nada muda para Spa, mas salva a equipe para o resto do campeonato. As regras são claras, você é punido por colocar uma unidade NOVA no seu carro, não há punição pra alterar para uma peça já usada em fim-de-semana de corrida. Se tudo der certo, a Mclaren saí de Spa com um motor quase zero km na reserva.

Beleza de regulamento, né?

Separador

Vettel pediu e o que Tetracampeão pede é lei. Kimi fica na Ferrari em 2016. Era uma opção do time vermelho e foi decidido que ficarão com o finlandês. Faz sentido. Estava sob contrato, não gastam mais do que já está planejado e tem um ambiente de trabalho tranquilo no ultimo ano do regulamento atual da F1.

As teorias são muitas. Bottas teria que pagar uma contrapartida para Williams por não exercer o último ano opcional de seu contrato. Sem custar grana, só em 2017. Verstappen se habilitou para pilotar na Ferrari também em 2017, mas nada pode fazer em 2016. Quem sobrava? Ninguém de valor semelhante ao de Raikkonen.

Boa decisão da equipe.

Para essa prova, a ameaça a Mercedes parece ser mais real. A pressão está sobre o time prateado. Se seus pilotos se enroscarem, Vettel pode assumir a vice-liderança do campeonato.

Separador

Na turma da bagunça a coisa vem bem. Force India e Toro Rosso estão com carros sempre competitivos para brigar pelos pontos. Nessa pista, claramente, a vantagem será da Force India por conta do seu motor. Mas não será fácil.

Se a Toro Rosso tem que lidar com os motores Renault, a Force India luta para seus carros permanecerem inteiros nas retas.

Para melhorar, a Lotus também deve se juntar ao grupo. Só fica a torcida para seus pilotos não tumultuarem demais o fim de semana. Não é o carro, e sim seus pilotos a principal deficiência da equipe nesse ano.

Pensando com a frieza dos números – e contando com Sauber e Mclaren – são 10 carros brigando por 1 segundo na tabela de tempos em uma classificação. É bastante apertado!

Separador

httpv://www.youtube.com/watch?v=V9GtxYrMQcI
Poucos pilotos na história da F1 tem uma legião de fãs que produzem até filmes sobre a trajetória de seus ídolos. Acompanhe a obra de Maldonado

Separador

Não, não esquecemos da Marussia/Manor! Ele vem com a missão de maximizar o desempenho do pacote atual pensando no carro de 2016. 10 em 10 declarações para imprensa de algum membro da equipe contem essa frase. Pode pesquisar.

Separador

SPa

Circuito: Spa-Francorchamps
Voltas: 44
Comprimento: 7.004 km
Distância: 308.052 km
Recorde da Pista: 1:47.263 – S Vettel (2009)

Separador

Programação
Sexta-Feira: 05h – 1º treino livre e 9h – 2º treino livre
Sábado: 06h – 3º treino livre e 09h – Classificação
Domingo: 09h – Corrida

Separador

Um circuito clássico e amado por todos está pronto para mais um fim de semana histórico!

Qual o seu palpite?

Abraços, Flaviz Guerra – @flaviz

Flaviz Guerra
Flaviz Guerra
Apaixonado por automobilismo de todos os tipos, colabora com o GPTotal desde 2004 com sua visão sobre a temporada da F1.

2 Comments

  1. Mauro Santana disse:

    Pela coluna Flaviz!!

    Estou torcendo pro Kimi andar muito, e vai que acontece alguma coisa de diferente e ele emplaca mais uma vitória em Spa!?

    Um excelente GP a todos.

    Abraço!

    Mauro Santana
    Curitiba-PR

  2. Fernando Marques disse:

    De novo uma corrida para ver no domingo pela manha!!!
    Que bom!!!
    Que bom nada, que ótimo, afinal SPA é SPA!!!
    Acho dificil a corrida ser decidida na largada.
    Minha torcida é pro Iceman ao menos fazer uma bela corrida … em SPA ninguém pilota melhor que ele … só que ganhar da Mercedes só se der zebra na largada …

    Fernando Marques
    Niterói RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *