Fim de jogo?

Black Blocs
02/10/2013
Sideshow
07/10/2013

Alonso não salvou o Match Point que tinha em Cingapura. A Coréia é fim de jogo no campeonato de 2013?

Estamos na Ásia! Chegamos à Coréia do Sul para a 14º etapa do Mundial do Formula 1. Essa corrida e mais cinco para finalizarmos a 64º temporada de 2013. Vettel chega ao gramado com 247 pontos, sessenta na frente do concorrente mais próximo, Fernando Alonso, com seus suados 187.

Calculadora na mão, existem 99 cenários diferentes para resultados entre os dois simpáticos. Olhando para um deles, vitória do alemão e 2º lugar de Alonso (ninguém imagina Alonso ganhar essa prova na ausência de intempéries, certo?), vamos ver essa diferença entre ambos saltar para gloriosos 67 pontos para serem descontados nas últimas 5 corridas. 13,4 pontos por partida.

Esse cenário é o mais cruel, se ele acontecer na Coréia, no Japão e na Índia, matematicamente só teremos um campeão de fato no majestoso Tilkódromo de Yas Marina em Abu Dhabi. Alonso não salvou o Match Point que tinha em Cingapura. E agora o jogo vai acabar para o Espanhol se a Ferrari não vier avassaladora em Yeongman.

Separador

A pista da Coréia desperta os nosso mais profundos sentimentos e emoções. Tédio é o primeiro que me vem a cabeça.

Estamos no meio do do nada, o centro de um bairro planejado para ser o símbolo de uma Coréia moderna e pujante. Meio circuito de rua, meio autódromo e interesse nenhum da população local. Correu risco de ser excluído do calendário desse ano, mas, vejam só, a grana caiu na conta do tio Bernie e lá vai o circo todo para lá.

A obra de Tilke segue a receitinha clássica. Mas com muitos méritos e recordes registrados na história. Passeando pela pista você encontra 18 curvas e a maior reta da F1 com 1050 metros. O que parece ser promissor, é uma tragedia.

Desde que começou a correr na pista a Formula 1 viu duas pessoas liderarem: Fernando Alonso e Sebastian Vettel. Na frente deles, só o Safety Car, que foi visto na pista por 5 vezes liderando o pelotão.

Você pensa que isso é normal porque os caras são os melhores da classe e vai pensar que a corrida é super movimentada. Pois é, a maravilha arquitetônica de Tilke proporcionou em 2012 somente 34 ultrapassagens. Só em Mônaco tivemos menos ultrapassagens! Uau!

Temos a maior reta da F1, tem tudo pra alcançarmos altas velocidades. Correto. Menos em uma pista de Tilke. Um terço das curvas é feita abaixo de 100 km/h. Sabe uma pista que tem mais curvas mais rápidas que essa? Hungaroring.

Pergunto aos leitores, por que gostar de uma corrida aqui?

Para tentar mudar um pouco esse clima, a Pirelli mudou a seleção de compostos. Em 2012 foram os macios e super-macios e esse ano serão os médios e super-macios. A Pirelli pretende criar um degrau maior entre o tempo de volta e, quem sabe, proporcionar mais algumas ultrapassagens para as estatísticas.

Separador

Pra passar o tempo durante a corrida…

Programinha da Mercedes para visitar a fábrica. Nessa edição a área de materiais compostos.

httpv://www.youtube.com/watch?v=GpRK1v2tezU

Separador

Um novo Pacto de Concordia foi assinado essa semana. Falaremos mais sobre isso após o fim da temporada.

A primeira impressão é de decepção. 2014 começa a ter contornos sombrios. Eduardo Correa já nos alertou disso na sua coluna dessa semana.

Primeiro um calendário de vinte e tantas corridas. Gostamos de carros na pista? Sim! Gostamos da F1? Sim! Mas gincana pelo mundo, no estilo da Amazing Race Discovery Channel não parece legal.

Além disso os primeiros estudos dos carros do ano que vem já geraram comentários no paddock. Esqueçam os bicos elegantes como na década de 90. Tudo indica um degrau ainda maior no bico, uma traseira larga para os dois kers e um escapamento central espetado para cima.

Separador

Video histórico de Massa. Vale guardar. Uma volta virtual em Yeongman, comentada.

httpv://youtu.be/PYHSo0jsvEI

Separador

Red Bull vem para aniquilar a turma. A especulação agora é sobre um “controle de tração” que justificaria o contorno de curva extremamente veloz de Vettel. Não vou entrar nessa discussão técnica porque não há elementos para avaliarmos. O que se sabe, até o momento, é que a Red Bull revisou seu difusor traseiro e criou uma peça mais curta e mais larga que gera uma pressão na traseira ainda maior. Como de costume, a equipe não divulga essas informações em press releases, só é visto na pista.

A Ferrari vem catando os cacos de seu carro para entregar algo decente para Alonso ainda conquistar uma ou outra vitória. Massa (também não tenho nada a acrescentar depois da coluna do Marcel Pilatti teria que fazer bonito. Mas não vimos isso em Cingapura.

Raikkonen quer voltar a vencer e Grosjean precisa garantir sua poltrona para 2014. Estão motivados e vêm com o carro revisado com o entre-eixos maior. Podem buscar lugares no pódio. Mas aqui brigam com a Mercedes que podem voltar a andar bem em um circuito com caracterisiticas parecidas com as que os circuitos que triunfaram esse ano. Mais importante que isso, a pista coreana não massacra os pneus trasseiros que tanto sofrem nos carros prateados.

McLaren e Force India ainda brigam pela posição no mundial. Aqui a Force India precisa virar o jogo. Estão perdendo terreno e mesmo com o carro de 2013 abandonado a McLaren voltou a levar vantagem nas ultimas corridas.

Toro Rosso e Sauber seguem na briga por pontinhos. A STR leva vantagem por ter uma dupla de pilotos mais equilibrada. A Sauber sofre por só ter Hulkenberg marcando pontos. Ele tem mais pontos que Ricciardo e Vergne, mas a STR tem 12 pontos de vantagem.

Marussia e Caterham continuam em sua briga pelo 10º posto. A novidade é a renovação de Bianchi para 2014. Foi cotado para assumir o lugar de Massa. Depois assumir a Sauber. E vai ficar na Marussia mais um ano. Merecia uma chance melhor.

Na Williams, nada de notícia. Nada sobre pilotos. Nada sobre melhoras do carro. Que venha 2014.

Separador

Notinhas de Rodapé.

1. Webber não foi punido pela carona, explica a FIA. A punição foi por entrar andando na pista.
2. Toro Rosso voltou para sua pintura clássica (se podemos chamar assim).

Separador

Qual sua torcida? Um embate com vantagem para Alonso? Problemas pra Alonso e vitória de Vettel por larga margem pra acabar com a fatura o mais rápido possível?

Ou o cenário de Vettel em primeiro e Alonso em segundo até Nova Delhi? Deixando o título para o monótono circuito de Yas Marina o uqe cooaria nosso total desinteresse pelo fim de 2013 na expectativa de 2014?

Alonso joga a toalha? São muitas perguntas que teremos resposta no fim do jogo desse domingo.

Boa corrida a todos!
Abraços,
Flaviz Guerra – @Flaviz

Informações da Pista
Dimensão:
5.615 km
Voltas: 55
Distancia:
308.630 km
Volta mais Rápida*:
1:39.605 – S Vettel (2011)
Circuito da Coréia
*Volta mais rápida em corrida
Flaviz Guerra
Flaviz Guerra
Apaixonado por automobilismo de todos os tipos, colabora com o GPTotal desde 2004 com sua visão sobre a temporada da F1.

11 Comentários

  1. Mário Salustiano disse:

    Flaviz e amigos

    Salvo engano de memória Vettel só não foi o único líder dessa corrida por ter quebrado em 2010 ou 2011, mesmo tendo a possibilidade de uma prova previsível em termos de resultado e monótona pelo tipo de circuito, vou assistir…rsrs, como dizem aqui em casa sou previsível quando o assunto são corridas, falo que dessa vez não vou assistir mas nunca cumpro com a palavra….rsrs
    Vou fazer um prognóstico sobre o restante da temporada, a Red Bull vai levar 5 das 6 provas que restam e vai dar a vitória no Brasil a Weber como prêmio de encerramento de carreira,repetindo 2011.
    Amigos a F1 caminha para ficar com carros semelhantes aos da Indy, que diga-se de passagem são mais feios que os atuais F1, paressem carros de filme de desenho animado de quinta.
    A única boa emoção que vejo no horizonte a curto prazo sobre corridas de F1 é o convívio com os bons amigos aqui do Gepeto, faço coro com o mestre Edu, quase nada tem me agradado ultimamente, exceto abrir o site e conviver com voces

    abraços e boa corrida para os que se aventurarem

    Mário

    • Lucas dos Santos disse:

      É isso mesmo Mário.

      Já foram realizadas três corridas nesse circuito, cada uma com 55 voltas, o que dá 165 no total. Dessas 165 voltas, somente 12 não foram lideradas pelo Vettel, por conta daquela quebra em 2010.

  2. Fernando MArques disse:

    Eu acho que o Alonso não jogou a toalha … ele simplesmente sabe que em condições normais de tempo e temperatura não tem como superar o Vettel … isso já está claro para ele há muito tempo em 2013.
    Se chover na Coreia teremos alguma chance de ter alguma loteria na corrida. Mas cá para nós acordar as três da matina vai ser um trem complicado.
    O Vettel, alem de ter o melhor carro, para ser campeão definitivamente neste ano precisa só marcar o Alonso de perto e não tenho duvidas que se ele não tiver condições de brigar pela vitoria, me parece que Hamilton/Mercedez andaram bem nos treinos, este será o plano B dele na corrida …
    Outra coisa, eu não acredito num embate entre Vettel e Alonso na corrida … talvez sim entre Alonso e Vettel … entenderam? …

    Fernando Marques
    Niterói RJ

    • Flaviz disse:

      Marques,

      Eu acredito que não haverá embate na pista por iniciativa de nenhum dos dois.

      Vettel não precisa correr o risco. Para Alonso, uma manobra mal calculada que resulte em acidente (mesmo que tire os dois da prova) não lhe dá vantagem alguma, só reduz o número de provas para ele tirar a diferença.

      Abraços!

  3. Moy disse:

    Creio que as outras equipes já jogaram a toalha. O Alonso tb. Só que não demonstra. Tem de manter a sua fama de mau.
    Pena que não vou ver a corrida, pois estarei em Natal com minha esposa, curtindo as águas mornas, o sol lindão e cerveja gelada com caranguejo. Uma pena mesmo, né 🙂

  4. Lucas dos Santos disse:

    Legal esse vídeo da volta narrada pelo Felipe Massa. A “empolgação” na voz dele ao narrá-la é contagiante (só que não!).

    Confesso que não acho essa pista tão ruim assim. Há piores!

    De acordo com a previsão do tempo, parece que teremos um repeteco da corrida inaugural. Muita água, Safety Car, bandeira vermelha, Safety Car, carros cobertos de lama, Safety Car, três horas de corrida e… eu já falei Safety Car?

    Vamos ver o que vem por aí.

    • Flaviz disse:

      Lucas, divide conosco: qual a pior pista desse calendário na sua opinião?

      • Mauro Santana disse:

        Vou falar por mim

        Abu Dabi, Cingapura, India, Coreia, China, Bahrein.

        Esquecia alguma!?

        Vejam só aonde a F1 foi parar…

        Abraço e um excelente GP a todos!

        Mauro Santana
        Curitiba-PR

      • Lucas dos Santos disse:

        Na minha opinião, Abu Dhabi é a pior pista do calendário desse ano.

        Embora tenha um ótimo visual, é um traçado, digamos assim, “básico” demais. O que está salvando as corridas de serem absurdamente monótonas por lá – como foi a corrida inaugural – é a asa móvel, que adicionou um pouco de ação nas corridas. Mais curvas rápidas e menos áreas de escape de asfalto deixariam essa pista mais interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *