De volta às origens

Mano a mano
19/04/2021
O primeiro – 1
26/04/2021

Olá, amigos!

Hoje vamos falar de uma espécie de “volta às origens”. Em 2021, depois de 50 anos, a principal categoria da Nascar correu em uma pista de terra. Bem, a pista não é necessariamente de terra, mas foi transformada completamente para esse evento.

Foram necessários dois mil e trezentos caminhões ao longo de três meses para preencher a pista de Bristol de terra, no que parece uma tarefa hercúlia de logística. Mas assim são os americanos, eles realmente não brincam em serviço.

Os organizadores testaram quinze tipos diferentes de terra para assegurar que tudo funcionasse perfeitamente e, no fim, foram utilizadas três camadas diferentes de terra. Outra mudança realizada especialmente para essa prova foi a redução da inclinação das curvas, saindo dos originais 30 graus para 19 graus.

No vídeo é possível ver todo o trabalho realizado, incluindo as dificuldades com a chegada da neve (!).

Além das mudanças na superfície da pista, também foram produzidos pneus especiais para a prova, assim como novos splitter frontais. Devido a terra solta, novas grades de entrada de ar foram criadas para que pudessem ser limpas durante a prova. O spoiler traseiro também mudou um pouco para essa prova, mais altos e curtos em relação ao tamanho utilizado normalmente em pistas curtas.

Kyle Busch comentou que a prova da Cup Series não seria semelhante às provas na terra com carros Late Models, que são específicos para esse tipo de prova. Isso devido ao fato de os carros da Nascar serem muito mais pesados e terem um tipo de suspensão bastante diferente. Busch também comentou que a sensação deve ser a mesma do que correr em uma pista de patinação no gelo.

Kyle Larson, um especialista em pistas de terra com Late Models, acredita que a pista vai proporcionar boas disputas, com possibilidade de várias linhas diferentes na tomada das curvas.

O evento contou com corridas preliminares de Late Models, fazendo o primeiro teste da superfície, além de ter sido permitido que as equipes da Cup Series fizessem treinos, algo que não acontecia em mais de um ano. Durante o fim de semana ocorreram também as provas da Truck e Xfinity, as categorias de base da Nascar. Não podemos esquecer também a corrida virtual na semana do evento real, vencida por William Byron, piloto do carro número 24.

Alguns pilotos da Cup Series participaram das corridas da Truck e Xfinity, em Bristol, servindo de treinamento para o evento principal. Martin Truex Jr. foi o melhor deles, vencendo a prova da Truck e chegando em segundo na Xfinity. Kyle Larson, Kevin Harvick, Bubba Wallace foram alguns que se arriscaram nas provas preliminares.

A chuva caiu na prova da Truck, deixando a pista um verdadeiro lamaçal. O mesmo ocorreu na prova da Xfinity e, com a lama, a parte mais mole da terra foi parar no para-brisa dos carros, cegando completamente os pilotos. A prova precisou se interrompida e retomada no dia seguinte.

A corrida da Cup Serie só aconteceu na segunda-feira, mas foi recheada de acontecimentos. Muitos toques, acidentes e um único problema gerou algumas críticas. Conforme a terra ia secando durante a corrida, uma poeira começou a subir, chegando a atrapalhar a visibilidade para quem assistia a prova no local. Na transmissão também foi possível ver o tanto de poeira que subiu, atrapalhando um pouco a identificação dos carros. Para minimizar o problema, a Nascar colocou, por incrível que pareça, alguns caminhões para molhar a pista. Estamos habituados a ver os Air Titans secando pistas molhadas, dessa vez foi o inverso.

Os favoritos e mais experientes na terra não conseguiram ter bons resultados. Kyle Larson e Christopher Bell tiveram um acidente, após uma rodada de Bell, o que acabou minando as chances de ambos para conseguir a vitória.

O primeiro stage foi vencido por Truex, seguido de William Byron e Denny Hamlin. Parecia que Truex estava mantendo o bom momento do fim de semana, andando sempre entre os primeiros. O segundo stage foi de Joey Logano, com Daniel Suarez em segundo e Denny Hamlin em terceiro. Truex foi quarto, mostrando bom desempenho.

A parte final da prova foi dominada por Logano, que venceu a corrida seguido de perto por uma surpresa, Ricky Stenhouse Jr. Denny Hamlin completou os três primeiros, seguido de Daniel Suarez que fez uma boa prova, chegando a liderar em alguns momentos. Truex teve um pneu furado na última volta, quando estava em terceiro, tendo finalizado a prova em décimo nono.

A Nascar ouviu críticas duras nos últimos anos sobre formato das corridas, estagnação do calendário de provas e mudanças de regulamento. A prova de Bristol na terra é mais uma tentativa de buscar a mudança e recuperar fãs ou conseguir novos torcedores. O evento foi considerado um sucesso e logo foi anunciado que voltarão a fazer a corrida na terra em 2022.

Além dessa prova, o calendário ainda trará novas pistas, incluindo uma corrida no Circuit of the Americas, mesma pista que onde a F1 e Moto GP realizam provas no Texas, além de uma disputa no oval de Nashville. A pista oval de uma milha e trezentos é bem curta e nunca sediou uma prova da CUP Series. Apenas a Truck e a Xfinity disputaram corridas na pista, sendo que o último evento para ambas ocorreu no ano de 2011.

O campeonato segue com múltiplos vencedores e a liderança de Denny Hamlin, mesmo sem ter vencido ainda. Truex é o segundo à frente de Logano, Byron, Blaney, Larson, Elliott e Harvick, sendo que os dois últimos também não venceram uma corrida esse ano. Na última prova disputada, Alex Bowman trouxe de volta o carro número 48 para o Victory Lane, se tornando o único a vencer com esse número, além de Jimmie Johnson. Foi a primeira vitória da Hendrick na pista de Richmond desde 2008.

A próxima corrida vai ser na gigante e icônica pista de Talladega. Emoções não faltarão, assim como os famosos Big Ones. Até a próxima!

Rafael Mansano

 

Rafael Mansano
Rafael Mansano
Viciado em F1 desde pequeno, piloto de kart amador e torcedor de pilotos excepcionais.

1 Comment

  1. Fernando Marques disse:

    Rafael,

    Faltou uns vídeos desta “poeirada” toda … Pois pelo visto foi um evento bem divertido

    Fernando Marques
    Niterói RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *